Portugal 0-1 Bélgica: Tanto remate para isto…

A seleção portuguesa abandona um campeonato da europa pela primeira vez nos oitavos de final após ser derrotada diante da Bélgica.

Portugal procurava começar a fase a eliminar com o pé direito na crença da revalidação do título europeu, enfrentando uma Bélgica em grande forma, três vitórias em três jogos na prova e motivada pelo fim da sua geração de ouro que ainda não conseguiu um troféu.

Fernando Santos lançou Palhinha e Dalot no onze inicial, no lugar de Danilo e Semedo, as únicas alterações à equipa que defrontou a França, conseguindo garantir alguma estabilidade inicialmente.

Um jogo amarrado com duas equipas organizadas e competentes na pressão dificultando a criação ofensiva mutuamente. Contudo, Thorgan Hazard resolveu à bomba, abrindo o marcador no minuto 42, assistido por Thomas Meunier.

Portugal foi crescendo na partida, particularmente com as alterações que efetuou na segunda parte, entradas de Bruno Fernandes, João Félix, André Silva, Danilo Pereira, Sérgio Oliveira, resultando em grandes chances e um volume de remates elevadíssimo, 23 no total. Acabou por não chegar.

Bolas aos ferros e defesas de Courtois seguraram a vantagem belga que serviu para apurar o conjunto treinado por Roberto Martínez para os quartos de final, onde irão defrontar a Itália.

Portugal falha a defesa do título europeu e em breve conhecerá o seu sucessor, a partir de casa.

 

Fonte da imagem da capa: Twitter @Record_Portugal

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautiful Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.