João Pedro Sousa confirmado como novo treinador do Boavista

Em comunicado, as “panteras” anunciaram a contratação até 2023 do técnico que comandou o Famalicão durante uma temporada e meia, para substituir Jesualdo Ferreira, que rescindiu contrato.

O treinador de 75 anos ainda tinha mais um ano de contrato com os axadrezados mas as duas partes optaram por uma rescisão amigável, num claro sinal que o clube tem intenções de iniciar um novo projeto no qual Jesualdo não faz parte. Depois de, na temporada passada, ter conseguido a manutenção no primeiro escalão do futebol português apenas na última jornada, terminando no 13º lugar, a direção boavisteira quer uma época mais tranquila e para isso optou por um rumo diferente.

O antigo adjunto de Marco Silva é assim a escolha lógica, depois de na sua primeira experiência como treinador principal, ter levado os famalicenses a um sétimo lugar ao mesmo tempo que potenciou jovens talentos como Nehuén Perez, Uros Racic, Diogo Gonçalves ou Pote. Tal como na sua segunda temporada do Minho, o grande desafio do técnico de 49 anos na Invicta será colmatar a saída de peças importantes como Léo Jardim ou Ángel Gomes com jogadores de qualidade semelhante, de forma a poder pôr em prática a sua ideia agradável de jogo, virada para o ataque.

João Pedro Sousa foi apresentado esta manhã e conheceu os cantos à casa, no mesmo dia em que o Boavista volta ao trabalho com os habituais exames médicos. Depois de Vizela, Santa Clara, Paços de Ferreira, Famalicão, Gil Vicente, SL Benfica, SC Braga, Moreirense, Arouca e Vitória SC na semana passada, os boavisteiros são mais uma equipa a dar o pontapé de saída na temporada 2021/2022.

 

Fonte da imagem: Twitter @boavistaoficial