Achraf Hakimi troca Inter de Milão por PSG

O lateral direito marroquino abandonou o clube italiano onde se sagrou campeão e assinou pelo PSG.

Após várias semanas de negociações, a transferência foi consumada e Hakimi já foi apresentado com a camisola do PSG. O clube francês desembolsou 60 milhões de euros (estão ainda previstos 11 milhões a ser pagos ao Inter mediante algumas variáveis) para comprar Achraf Hakimi, jogador titular na campanha vitoriosa do Inter de Milão na liga italiana e que assinou pelo clube francês até 2026.

Hakimi, na última época, representou o Inter de Milão, onde fez 37 partidas a contar para a Serie A. Com sete golos e dez assistências, o marroquino, que atuou como ala direito com liberdade para subir no terreno, foi um dos jogadores em destaque no Inter de Milão pela capacidade de aparecer no ataque onde, quer através de combinações com os colegas, quer através da velocidade na exploração da profundidade, se revelou fundamental na criação de oportunidades de golo.

Fruto da necessidade de obter um saldo financeiro positivo (segundo a imprensa italiana, cerca de 100 milhões de euros), o Inter de Milão viu-se assim obrigado a libertar uma das estrelas. Recorde-se que foi por este motivo que Conte decidiu abandonar o comando do clube italiano.

No PSG é o natural substituto de Florenzi, jogador que fez a posição na última temporada e que regressou à Roma após o término do seu empréstimo. Representa assim uma mudança no perfil da posição: de um jogador mais criativo na saída de bola e na construção, o PSG passa a incorporar na equipa um jogador mais vertiginoso e capaz de criar situações de ataque nos últimos metros do ataque.

É também o segundo reforço confirmado pelo PSG, que procura atacar o mercado de forma a recuperar a hegemonia nacional perdida para o Lille na última temporada e a atacar a conquista de uma inédita Liga dos Campeões. Após os anúncios de Wijnaldum e Hakimi, o clube parisiense deve agora focar-se em fechar os negócios para as contratações de Sergio Ramos e Donnarumma, dois jogadores que deverão chegar a Paris nos próximos dias a custo zero.

Fonte da imagem de capa: Maisfutebol