Vitinha de volta mas para vender, Luis Díaz quer ficar e Otávio perto de sair: o momento do FC Porto

Os dragões continuam a preparar a próxima temporada, com o plantel longe de estar fechado.

O FC Porto começa a pré-época com três reforços já garantidos. Pepê veio do Grêmio por 15 milhões, Fábio Cardoso foi comprado por cerca de dois milhões ao Santa Clara e Bruno Costa foi adquirido por 2,5 milhões ao Portimonense, depois da excelente época ao serviço do Paços de Ferreira.
A juntar a estas contratações, o nome mais sonante que, até ao momento, se juntou ao plantel azul e branco foi o de Vitinha que, apesar de ter brilhado no Campeonato da Europa sub-21, será para vender por cerca de 20 milhões. No entanto, ainda não haverá pretendentes para a contratação do jogador por este valor.

Luis Díaz deu nas vistas na Copa América ao serviço da Colômbia, onde foi o melhor marcador da competição (a par de Lionel Messi, com quatro golos marcados) e venceu o prémio de Jogador-Revelação. A perseguição de alguns tubarões europeus parece evidente mas ainda é especulativa. Para além disso, tem o rótulo de “inegociável” e já afirmou que a sua intenção é “continuar a crescer no FC Porto”.
Por seu turno, Otávio parece estar bem mais perto da porta de saída. Apesar de a sua cláusula de rescisão ter aumentado neste dia 15, o Liverpool parece estar muito perto de convencer o jogador a rumar a Anfield Road.
Também Corona viu a sua cláusula passar para 40 milhões no dia de hoje, mas também deverá ser negociado, uma vez que o seu contrato termina no fim desta época que se avizinha e os Dragões quererão algum retorno financeiro.

Para colmatar estas e outras falhas no plantel, o FC Porto tem alguns jogadores referenciados. A chegada de Marko Grujic é vista com bons olhos pela equipa técnica para reforçar o miolo. O médio convenceu Sérgio Conceição na passada temporada e já referiu que gostaria de voltar, no entanto, o Porto enfrenta concorrência em Itália. O Sassuolo, que dá como certa a saída de Locatelli, escolheu o sérvio como opção para colmatar o lugar.
Para o eixo da defesa, o FC Porto tem como principal objetivo Kim Min-jae. O defesa de 24 anos, que atua no Beijing Guoan, é considerado uma das grandes promessas do seu país e poderá juntar-se aos trabalhos de Sérgio Conceição pelo mesmo valor.
Ao mesmo tempo, o FC Porto olha para o mercado interno. Beto, do Portimonense, é o escolhido para substituir Marega, que assinou a custo zero pelo Al-Hilal, enquanto que, para o meio-campo, Stephen Eustáquio, do Paços de Ferreira, e André Almeida, do Vitória SC, são os nomes mais falados para o meio-campo, no que toca ao mercado nacional.

 

Fonte da imagem: Twitter do FC Porto – @FCPorto